Como limpar queimado de panela

Essa é uma dica rápida pra quem já deixou o arroz fervendo só um minutinho e foi seduzido pela Netflix....

E eu não estou falando de casquinha de queimado fácil de tirar, estou falando de quando a comida parece que se fundiu com o metal.

O que deu certo pra mim? Primeiro, coloque água na panela, e deixe ferver uns 30-40 minutos. A idéia é que a comida queimada tem que absorver bastante água.

Depois, basta deixar a panela em algum lugar seco por umas 3 semanas. A umidade vai sair da comida queimada, e essa parte vai ficar quebradiça. Daí fica fácil remover com uma colher, e depois é só lavar o fundo com detergente e palha de aço pra retirar os pedaços que não saíram. ;D


Taxa de Importação e Antecipação de Tutela


Esse é um tutorial pra quem já foi tributado ao importar qualquer produto permitido por lei: ou seja, não pode ser explosivos, armas de fogo, escravas sexuais nem políticos da Escandinávia =D O valor da compra deve ser inferior a 100 dólares americanos.

O processo que vou descrever exige a princípio três visitas presenciais, uma a Justiça Federal da sua cidade, e mais duas aos correios caso tudo corra bem. Depois da primeira vez, você pode combinar com o funcionário o correio para ir somente na retirada da mercadoria, mas pode ser que ele não aceite ou não tenha como checar emails e você vai precisar ir até a agência duas vezes. Esse processo se chama "antecipação de tutela", e basicamente é um pedido ao juiz pra retirar a mercadoria antes do seu processo ser julgado dado que o tempo gasto no julgamento pode te prejudicar (ou seja, conforme os dias que nossa famosa burocracia exige passam, você - autor - vai sendo prejudicado pois a mercadoria corre o risco de ser enviada de volta a China).

Antes de mais nada, a união faz a força. Caso você ainda não conheça, existem diversos grupos de Facebook de outros "muambeiros" como você que foram taxados e se organizam para saber como proceder, como por exemplo o Operação Pega Leão, onde aprendi muitas coisas. Pessoalmente eu acho que vale muito a pena entrar em um deles até pra conhecer gente da sua cidade que pode te dar uma ajuda pessoalmente.

O processo todo possui 3 passos, a seguir.

1. Conta no e-Proc


Para facilitar sua vida, é melhor criar uma conta no sistema eletrônico de processos judiciais chamado "e-proc", na categoria "Jus Postulandi", ou seja, o cidadão vai representar a si próprio sem o acompanhamento de um advogado. Dessa maneira você poderá enviar o seu processo ao juiz sem ter que ir presencialmente na Justiça Federal responsável pelo seu CEP. Se você não quiser criar conta, vai ter que ir toda vez na Justiça Federal com a papelada quando for tributado.

Primeiramente, é preciso saber onde fica a Justiça Federal da sua cidade. Eu descobri a minha pesquisando no Google "Justiça Federal Balneario Camboriu", mas não sei se existe algum serviço "oficial" de busca por CEP.

Entrando no site da JFSC por exemplo, já é possível ver o link pro e-proc no centro. 

2. Enviando a Petição Inicial


Agora que você já tem sua conta nesse site DAZELITE que são os "dêvogados" e já pode mandar um "ae gata(o), me add no e-Proc" na night, podemos enviar nossa petição inicial ao juiz federal de nossa cidade. Vale a pena fazer um breve checklist dos documentos que você vai precisar:

- CNH ou RG
- Comprovante de Residência
- Carta ou Telegrama do Correio com código de rastreamento do produto e valor do imposto/taxas
- Descrição do pedido (pode ser um print da tela do Aliexpress, mesmo em inglês)
- Texto da petição inicial

A CNH ou RG, o comprovante de residência e o telegrama escaneado você pode conseguir com a ajuda de um Smartphone caso não tenha scanner em casa. Eu sempre uso um App chamado Camscanner , que pode ser instalado em Android ou iPhone.

Caso você use o navegador Chrome, é possível entrar na tela do pedido do Aliexpress e mandar imprimir como PDF.

Só fica faltando mesmo o texto da petição inicial. Eu uso esse modelo aqui na JFSC de Itajai, mas acho que a melhor coisa a fazer é pegar de alguém que já fez e ganhou na Justiça Federal da sua cidade pra ter mais chance de dar certo.

Como usar o e-proc? É bem simples e intuitivo. As únicas partes que você pode encontrar alguma dificuldades estão listadas a seguir.


  • Tipo de processo: tributação, imposto de importação.
  • Reu: Uniao - Receita Federal, Empresa - Empresa Brasileira de Correios e Telegrafos.
  • Carta ou telegrama do correio com o valor dos impostos: categoria "CARTA".
  • Texto de petição inicial: categoria "PETIÇAO INICIAL".
  • Pedido do site chines: categoria "COMPROVANTE".


E se você não tiver feito conta no e-proc? Então você precisa ir presencialmente no tribunal da Justiça Federal que atende seu município se quiser dar entrada no processo. E vai precisar fazer isso toda vez que for pedir a antecipação de tutela. Por via das dúvidas é bom até levar os documentos listados e já escaneados num pendrive, pra não ter erro.

3. Entrega aos Correios e Retirada


Se tudo der certo, o juiz vai dar sua solicitação como deferida em alguns dias e você precisa notificar os correios onde sua compra está presa. Basta imprimir a sentença e entregar ao gerente da agência dos correios. Se você usa o e-proc, basta entrar no sistema e mandar imprimir o arquivo. Se você foi presencialmente na JF, então provavelmente vão te mandar a sentença por email.

Eu sempre levo uma cópia extra da primeira folha onde tem o número do processo para que a gerente assine e eu leve para casa, pois caso eles se enrolem e enviem a mercadoria de volta , posso adicionar esse fato no processo e pedir uma indenização. Os correios têm 5 dias úteis a partir da data em que recebem a notificação para que ela seja "avaliada", depois você pode ir retirar a mercadoria.

Como eu já conheço o pessoal aqui da agência da cidade, e eles me disseram que precisam digitalizar a liminar do juiz toda vez, eu combinei com eles de enviar por email já digitalizado: me poupa uma ida aos correios e agiliza o processo do lado deles. Claro, SE os correios usassem o dinheiro do monopólio que eles têm no Brasil pra facilitar as coisas poderiam ter um site onde a gente mandaria somente a liminar, etc, mas aqui os correios ainda conseguem ter prejuízo né pessoal...

4. A vida não é tão fácil...


Como você já deve saber nós vivemos no país onde todos são iguais perante a lei, mas uns são mais iguais que os outros. Adivinha se você ia peitar a "Receita Federal" assim fácil, de casa, pela internet? Tanto a receita quanto os correios podem e normalmente recorrem da decisão do juiz, só que daqui pra frente não dá pra você mesmo enviar sua defesa: você vai precisar de um advogado. Então, você tem duas opções: a primeira é não fazer nada, deixar o processo correr pra turma recursal, e ver a decisão deles. Aqui em Florianopolis parece que eles sempre dão ganho de causa pro cidadão, e não pra receita. A outra opção é recorrer, enviando mais um documento reforçando os motivos pelo qual o imposto e taxa de despacho são indevidos, mas pra isso você vai precisar de um advogado.

Antes de anunciar o carro a venda pra pagar um "dotô", saiba que existem advogados voluntários. Sim, você pode ser representado de grátis e sem custos adicionais (e quando o processo terminar o advogado recebe os honorários pela justiça federal). Aqui em Itajai eu sempre recorro ao Rafael Massei , que tem sido muito prestativo e profissional. Mas se você quiser uma lista atualizada é bom pergutar lá no grupo de Facebook. ;D

Outra coisa muito importante: se o juiz considerar que sua compra teve o envio parcelado, você vai perder a causa. O que é isso? Imagina que você fez uma compra de USD 200, mas pra evitar o fisco pediu pro vendedor enviar em 5 pacotes declarados como USD 40 cada, e foi pego em um desses pacotes. Se o juiz entender que se trata de uma compra de USD 200 e não 5 compras de USD 40, você vai pagar imposto, e além disso imagino que ainda deve ficar na listinha negra do juiz.... Então, tomem cuidado com isso!

Finalmente, como sempre, qualquer dúvida ou sugestão, podem mandar bala nos comentários logo abaixo ;)

Moto G 3 Geração e a propaganda enganadora

No início do ano meu iPhone sofreu um acidente e acabei tendo que optar entre gastar 300 reais em uma tela nova ou comprar outro celular. O 4S já estava dando umas travadas, então "resolvi inovar" e pesquisei quais as melhores opções por um custo benefício melhor. Sim, estou afirmando que no meu caso, não valeu a pena o preço do iphone pelo uso que eu fiz dele.

Depois de um pouco de pesquisa, o Moto G 3 Geração me pareceu a melhor escolha, e eu arrisquei. Até agora estou achando tudo muito bom no celular, mas eis que uma informação errada no site do vendedor me fez usar um SD Card menor do que o máximo: no site da Saraiva consta que o máximo que o aparelho aguenta é 32GB, enquanto neste outro site especializado em android, falam que:

  • SD Standard: 2 GB
  • SD HC: 32GB
  • SD XC: 2 TB

Sim, dependendo do tipo de SD Card que você tem, ele aguenta até DOIS TERAS. Agora, depois que o fulano mal informado gastou seu dinheiro num SD menor ninguém reembolsa não é mesmo?



Qual não foi minha surpresa ao ver essa imagem linda:


A Pergunta Certa


No livro A Startup de $100 o autor enumera algumas perguntas que todo aspirante a empreendedor deve fazer. Muitas delas são óbvias: o que, como e onde vou vender, de que maneira vou receber o pagamento, e por que as pessoas vão pagar pelo que estou vendendo. Todas elas sempre me pareceram óbvias, mas eu ainda sentia faltar algo fundamental pra ter a motivação e incentivo a botar a mão na massa. A pergunta que esse livro me trouxe e que nunca ninguém havia me mostrado e fez toda diferença é: quem você quer servir?

Quando se pensa num negócio como algo impessoal, a primeira resposta que vem a mente é o maior número de pessoas possível. Dinheiro não tem sexo, altura, peso, cultura nem bom humor não é verdade? Pois foi exatamente esse fator que no meu caso travou todo o resto. Eu via o comportamento do paulistano médio nos shoppings, comércios, até nas ruas, e me achava um alienígena naquele meio. Eram essas pessoas que eu ia servir? Como eu teria chances se eu discordava de quase tudo que eles faziam? Vou ter que agir assim pra conseguir fechar negócios?

O experimento


Talvez minha opinião a respeito do paulistano já estivesse enviesada demais pelas minhas experiências de vida na cidade. Quem sabe a realidade fosse outra e as partes com as quais eu tive contato sempre foram infelizes. Vou contar um experimento que eu fiz, nada muito grande, a respeito do comportamento dos meus possíveis "clientes" pelo Brasil.

Pra quem não sabe o que é drop shipping , fica a leitura recomendada pra sua próxima compra no Mercado Livre (não, não tem nada a ver com Starcraft). Pois bem, em 2012 fiz 4 vendas para diferentes regiões do país nesse esquema. Sim, uma amostra infinitesimal pra tirar qualquer tipo de conclusão fundamentada, mas o relacionamento que tive com cada um dos clientes foi marcante. Sempre que uma venda era realizada, eu sugeria ao comprador que me pagasse somente ao receber o produto, por causa do longo tempo de espera e pela possibilidade de o pacote se perder ou ser tarifado (this is Brazil). Um comprador de Pernambuco sempre foi atencioso apesar dos erros gritantes de português até receber o produto. Depois não pagou e nunca mais deu sinal de vida. Um comprador do interior de SP foi muito compreensivo, gente boa, e até acabei conversando com ele por telefone, pois o produto era um presente pro filho dele e ele queria falar sobre a qualidade. Ele fez questão de pagar adiantado por depósito na minha conta bancária. Um comprador de SP capital usou mercado pago, não leu que o produto vinha da China e reclamou com o site mercado livre, que devolveu o dinheiro pra ele. Quando o produto chegou, se negou a devolver. E por último teve a compradora de Santa Catarina, que foi cooperativa, e pagou pelo produto depois de receber, como eu havia sugerido, e depois ainda entrou em contato pra falar o quanto havia gostado.


Por mais que hoje em dia esteja na moda a luta contra os estereótipos, não podemos esquecer porque eles existem. Dizem os sábios que a estatística é a linha de pensamento na qual se uma pessoa tem um frango assado pra comer e outra não tem nada, então na média cada uma tem meio. Porém, a própria estatística dispõe de margens de erros, e ela mesma se declara inútil dependendo do caso. No caso do frango, podemos saber pelo menos quantas pessoas participaram, e que existem frangos distribuidos entre elas. Também sabemos que a média nesse caso é inútil por causa do desvio padrão elevado: 0,5 (50%). Do mesmo modo, o comportamento de diferentes culturas, embora não definam precisamente cada indivíduo, podem ser usadas pra entender o que existe em uma determinada população. Esta é a tênue linha entre preconceito e fato que a ciência consegue traçar.


A confiança


Bons empresários não sobrevivem unicamente de altos lucros, por mais que isso possa causar reação nos combatentes mais ferrenhos do capitalismo. Um fator crucial de sobrevivência para uma empresa, especialmente uma empresa pequena, é o relacionamento com clientes e fornecedores. Pagamentos, datas e quantidades acabam tendo de ser renegociadas por imprevistos, e vivendo num dos países mais burocráticos do mundo, na maioria das vezes é necessário que a solução dos conflitos ocorra sem o acionamento da justiça para facilitar a vida de ambas as partes. Inclusive, a solução óbvia para o paradigma de burocracia exagerada, lentidão nos serviços públicos e leis mal feitas é o mundialmente famoso "jeitinho brasileiro", mas isso é assunto pra outro texto.

Assim sendo, não é nenhuma surpresa que posterioremente eu viria a descobrir que Florianopolis foi a melhor capital brasileira para empreender em 2014. Esse tipo de confiança no próximo, que dia após dia as ruas de São Paulo tiram dos cidadãos punindo quem confia no próximo com crimes não resolvidos e prejuízo, acaba se refletindo na sobrevivência das pequenas e micro empresas, que não possuem recursos financeiros nem políticos para resolver seus imprevistos.

Eu sei que estou fazendo uma suposição enorme aqui, mas determinar a causalidade do melhor resultado de SC com relação ao resto do país pode ser praticamente impossível, dado o número gigante de variáveis, sendo muitas delas subjetivas. No meu caso em especial funcionou assim, acho que na média, me identifico mais com as pessoas de SC do que com as da cidade de SP, e isso gera uma sensação de confiança necessária para se aventurar num negócio próprio ;D Acho que o maior medo depois de achar o seu "lugar próprio", é o medo de um dia ele mudar e ficar igual aos outros nos quais você não se encaixou, mas vamos encerrar o texto antes que se torne "reacionário". =D



Três dicas para o aprendizado de outros idiomas

Com o avanço da tecnologia pode ser que logo não precisemos mais aprender outras línguas e um aparelho eletrônico conseguirá fazer a tradução em tempo real. Já existem soluções por exemplo para textos, que utilizam a câmera do celular para traduzir placas, mas no caso da fala ainda temos muitas barreiras a superar. Meu exemplo favorito é o trabalho insano que os intérpretes de alemão devem ter: como o verbo no alemão fica no final em diversos tipos de orações, o tradutor deve ficar "parado" esperando que a frase seja terminada pra só então conseguir traduzir. Por enquanto, ainda temos que estudar por conta própria um idioma se quisermos nos comunicar oralmente com seus falantes, mas essa comunicação não deveria ser o único motivo pelo qual você aprender outra lingua, conforme havia escrito anos atrás neste outro post. Juntei algumas dicas de como melhorar de verdade no aprendizado de outra língua com os recursos que dispomos hoje, pois talvez possa ajudar o próximo.

1: Ler em meio digital, escrever no papel


Infelizmente o que foi criado como uma facilidade, acabou se tornando um problema. Corretores gramaticais "embutidos"nos editores de texto, dicionários ao alcance de um clique, funções de auto-completar... Todos eles auxiliam na produção de textos, mas não no aprendizado de uma língua. Por isso, uma dica importante é tentar escrever textos em papel, ou então usar um editor de texto bem simples e desligar a opção de auto-completar e correção. Deixo abaixo duas sugestões de editores, com as respectivas fotos, basta clicar para baixar. E caso você tenha interesse em aprender a como ter uma letra de mão mais caprichada, não deixe de conferir este post!

Sublime Text
Q10



2: Troca de correspondência com gringos


Uma prática muito comum em alguns países desenvolvidos (provavelmente pela menor criminalidade e maior confiança em estranhos) é a troca de correspondência com desconhecidos. A idéia é conhecer uma pessoa através de cartas, e na melhor das hipóteses, fazer um novo amigo.

O site Interpals é bem conhecido para a troca de contatos de pessoas interessadas em aprender outros idiomas e ensinar o seu próprio. Vale a pena conferir!

Interpals - troque cartas e emails com pessoas do mundo.


3: Filmes, música, literatura


Outra vantagem que a melhora na tecnologia trouxe para o aprendizado de idiomas é o baixo custo de produção de mídias. Antes, eramos limitados às produções de grandes estúdios e empresas, o que muitas vezes nos dava acesso a conteúdos "datados", como filmes e músicas com qualidade baixa comparado aos feitos recentemente. Hoje é possível assinar canais no Youtube, podcasts, etc, de figuras que falam de assuntos do seu interesse no idioma de seu interesse. Basta algumas buscas no google para encontrar conteúdo que interesse a você, e é possível ouvir no carro, no ônibus, na praia... Existem até mesmo canais de pessoas que ensinam outros idiomas "gratuitamente", recebendo apenas o que ganham com propagandas. O grande problema é que a maioria foi feita para o falante de inglês, então se você não domina muito bem o inglês, esta vai ser a primeira língua que você deve estudar.

Uma dica para os que já se consideram falantes razoáveis de um idioma e querem mais conteúdo para os níveis mais avançados, é usar o Netflix junto com um serviço de proxy, e assistir séries e filmes dublados para outros idiomas. Infelizmente, isso causa o indesejavel efeito das dublagens "Herbert Richards", e algumas cenas ficam totalmente artificiais...






Reformas e obras: dicas de sobrevivência



Depois de uma experiência marcante (negativamente) com reformas e obras de construção civil, fiz uma reflexão pra identificar onde errei. Como acho que teria sido útil ler isso antes, vou deixar o texto público pra quem sabe ajudar outras pessoas.

O país da mão de obra desqualificada


Meu avô foi pedreiro grande parte da sua vida, e por isso eu quis acreditar que essa imagem de pessoa de baixo nível de educação (e raciocínio) que a profissão tem na nossa sociedade era injusta. Sim crianças, razão e emoção nunca devem caminhar juntas, e graças a isso eu subestimei a capacidade do nosso país em produzir péssimos profissionais, usei a exceção como regra. A primeira dica caso você não tenha a mínima noção de quais materiais usar, o que fazer, etc, é de aprender por conta própria. Por mais que não devesse ser sua função falar pra um prestador de serviço como ele deve realizar o trabalho, é isso que acaba acontecendo na prática. A parte mais triste da história toda é não conseguir saber se a pessoa realmente não consegue fazer um trabalho de qualidade por falta de conhecimento, ou se é desonesta e tenta te enganar fazendo tudo do jeito mais fácil (e muitas vezes errado). Se por acaso você não tiver tempo, recursos, ou mesmo jeito pra aprender o básico de construção civil, minha recomendação é utilizar seu networking pra achar alguém de confiança que entenda do assunto e provavelmente pagar essa pessoa pra supervisionar a obra (o famoso "mestre de obras").

A reputação e as referências


Mesmo contratando uma empresa que mostra engenheiros alemães em jalecos brancos nos seus panfletos, você provavelmente vai acabar vendo cenas bem diferentes do prometido. Por isso, corra atrás de todas as referências que o profissional passar, e preste atenção em todos os detalhes. Caso o contato tenha alguma reclamação, tenha em mente que o problema pode ser muito maior que o informado, pois certamente existem outros clientes insatisfeitos que a empresa não te forneceu como referência.

Outro ponto importante que pouca gente sabe é que existem serviços online para verficar se há alguma pendência da empresa com relação a processos trabalhistas, dívidas com o governo federal, e principalmente, se o CNPJ informado existe.

Link para verificar se há pendências trabalhistas.
Link para verificar dívidas com a união.
Link para verificar o CNPJ.

O contrato oral (e o resultado anal)


O maior erro que você pode cometer no lugar abençoado por deus e bonito por natureza é fazer qualquer tipo de contrato verbal. Mesmo tendo validade jurídica (como no caso de taxistas), o PROCON não aceita esse tipo de contrato pra auxiliar o consumidor na abertura de processo, e você terá que recorrer ao tribunal de pequenas causas e fazer a onerosa e ineficaz máquina judiciária se movimentar. Muito importante: não aceite o "sou de confiança", "tenho palavra" ou qualquer variação desses como argumento, pois culturalmente o brasileiro médio não tem problema nenhum em ser chamado de pilantra se levar vantagem (vide lei de gerson, malandragem carioca). Importante constar no contrato o endereço e telefone da empresa, pois eles serão usados pelo PROCON.

Ora, isso parece óbvio, mas como lidar com pequenos serviços que surgem ao longo da obra, e que não estavam inclusos no orçamento? Primeiramente, caso você tenha seguido a primeira dica de conversar com alguém que entende de construção civil antes de tudo, a chance de surgir um "imprevisto" durante a obra diminui. Assim, é recomendável que você prepare uma lista com tudo que deve ser feito, detalhadamente, e essa lista deve ser incluida no contrato. Essa lista será entregue ao prestador de serviço para que ele passe o orçamento.

Se mesmo assim, no decorrer da obra, você resolver fazer algum outro serviço que não estava previsto, faça um novo contrato específico pra esse serviço. O tempo usado pra fazer um contrato novo com certeza compensa a dor de cabeça que você pode ter se não tiver feito e precisar.

Ganhou ou perdeu?

Seja num confronto entre nações ou numa simples discussão de internet, nem sempre quem vence a disputa pode ser considerado o que se saiu melhor de todos os ângulos. Conhece a famosa discussão no trabalho na qual embora um lado se prove certo, o desgaste causado e suas consequências tornam difícil saber se valeu a pena? Outro exemplo é uma situação ruim pra você na família em que é necessário calcular se é conveniente iniciar a pancadaria verbal ou se é melhor aturar as coisas como estão. Segue uma lista com diversas variações de resultados duvidosos E posições delicadas (ui).



Vitória Pírrica

A vitória pírrica têm um custo tão grande que até se torna questionável o status de vencedor. O nome teve origem na Guerra Pírrica, na qual o rei Pirro teve perdas enormes após duas batalhas, entre elas de quase todos seus amigos e principais comandantes. Reza a lenda que ao ser cumprimentado pelo resultado ele respondeu "mais uma vitória dessas vai ser o meu fim". Quer um bom exemplo de vitória pírrica na cultura pop? [SPOILER] Bastardos Inglórios, quando membros do grupo vão encontrar a espiã na taverna e ela acaba sendo a única a sair viva.



Vitória Moral

Quando o time de futebol do Taiti jogou contra a então campeã mundial Espanha na Copa das Confederações, mesmo tendo perdido de goleada, terminaram a partida com a sensação de campeões. Por que? Bem, uma seleção composta apenas de jogadores amadores enfrentar a então campeã do mundo é uma prova de coragem e competência. Essa é a vitória moral, quando apesar do resultado oficial ter sido de derrota, ainda assim há diversos motivos pra comemorar e ter orgulho por ter batalhado.


 Zugzwang

No jogo de Xadrez cada jogador deve movimentar uma peça por vez, alternadamente. Porém algumas vezes a melhor jogada seria simplesmente não fazer nada e passar a vez. Como a jogada é obrigatória, o jogador é forçado a um posicionamento pior. A essa situação se dá o nome de Zugzwang.

Impasse Mexicano



Imortalizado no filme "O bom, o mau e o feio", o impasse mexicano é uma situação de conflito envolvendo 3 partes, normalmente posicionadas de maneira que A ameace B e seja ameaçada por C, de modo que o primeiro a atacar fica em desvantagem. Acabou virando "clichê" nos filmes de hollywood e embora muitas pessoas não conheçam pelo nome certamente reconhecem após ouvir o significado.

Apps recomendados iOS 2014

Todo app que baixo parece ser a solução milagrosa pra um problema que eu nem sabia ter, e normalmente só serve pra confirmar que tal problema nunca existiu. Mas de vez em quando encontro um que acabo abrindo regularmente, e que se mostra realmente útil. Faço a lista em 2014, mas alguns destes apps já me acompanham há alguns anos. Quem sabe a lista de 2015 não seja de apps de Android? (Intriga!)


Gerenciador de Tarefas com Any.do


Nome: Any.do
Link pro iTunes
Preço: grátis
Lançado em: 2013
Como usar: fazer uma lista de tarefas é um dos jeitos mais básicos e eficazes de otimizar sua produtividade durante o dia, e pela primeira vez encontrei um app com funcionalidades muito melhores do que um simples papel e caneta digital. Além de manter anotadas as tarefas, o app te ajuda a organizar a ordem de execução, marcar horários para cada tarefa e toca alarmes quando a hora se aproxima, cria o hábito de rever os afazeres do dia pela manhã, e vai acumulando as tarefas já completadas como se fossem troféus. Ainda não usei o modo "cooperativo" de realizar tarefas com outros usuários, mas o simples fato dele existir é um diferencial. Ainda possui uma versão web que pode ser acessada pelo browser.

Scanner portátil com CamScanner


Nome: CamScanner
Link pro iTunes
Preço: grátis
Lançado em: 2013
Como usar: ainda recebemos muita correspondência em papel, e as papelarias ainda lucram bastante com o uso do xerox para cópias de documentos. Uma alternativa muito prática caso seu destinatário possua email é escanear os documentos, e melhor ainda é fazer isso usando apenas o celular. Utilizando tratamento de imagens, o app consegue transformar uma foto num documento com qualidade regular de Scanner. É possível escolher se o arquivo final será PDF ou JPG.

Filmes em time-lapse com Motion Pictures


Nome: Motion Pictures
Link pro iTunes
Preço: grátis
Lançado em: 2012
Como usar: algumas vezes só uma foto não é suficiente pra registrar uma paisagem, ainda mais quando muitas coisas acontecem simultaneamente. Que tal fazer um vídeo em time-lapse? 

Usando o Motion Pictures basta arrumar um local pra deixar o celular fixo e pronto. O único problema que observei é o gasto excessivo de bateria. Veja um exemplo de 3 vídeos feitos ano passado pra serra catarinense:



Acompanhe suas encomendas com o Muambator


Nome: Muambator
Link pro iTunes
Preço: grátis 
Lançado em: 2010
Como usar: qualquer compra feita pela internet, nacional ou internacional, gera o inconveniente de acompanhar o processo de entrega pelos correios. Infelizmente o serviço do correio brasileiro deixa muito a desejar no quesito de informação e comunicação com o destinatário, e pra suprir essa carência surgiu o muambator. A idéia é tirar informações do site dos correios e informar o destinatário sobre mudanças de status instantâneamente.

The Wolf Among Us

Esta é uma avaliação do jogo The Wolf Among Us para PC. Também gosta de jogar? Me adiciona no Steam!



User Experience (UX)


Assim como em The Walking Dead, esse jogo consegue prender o jogador na história de um jeito único. Chega a dar aflição o suspense que cada capítulo cria no final, para te obrigar a começar o próximo o mais rápido possivel. Se puder jogar com um controle (no PC) dá pra ficar sentado no sofá bem sossegado e é como assistir a um seriado, podendo até ser apreciado em mais de uma pessoa, tendo interações em frações de segundo sobre que decisão tomar seguida de discussão e risadas. Por isso, é uma boa escolha pra jogar com a patroa, no velho esquema de revezar o controle. O maior problema pro jogador brasileiro é que não tem nem dublagem nem legenda em PT-BR, portanto boa compreensão de inglês falado e escrito é obrigatório.
Os temas abordados são adultos, e tem até umas cenas com peitinhos quando o detetive visita um bordel, por isso, se você ou sua patroa/amigos se ofendem com isso, vocês se merecem, seu malas do car@1i0!!   provavelmente é melhor vocês tentarem um jogo mais leitinho com pêra.

O estilo de jogo, pra quem não jogou o The Walking Dead, é a evolução do antigo "Point and Click" adventure, estilo de clássicos como The Monkey Island e Full Throttle. O ponto central do jogo é a história, portanto se você não é muito fã de RPG e gosta só de jogos com mais ação, provavelmente não irá gostar.

Para aqueles que como eu nunca chegaram a completar 100% de achievements de nenhum título, está aí uma boa oportunidade: é extremamente fácil completar tudo, chegando nos 85% só por terminar. Pra pegar os 15% restantes basta jogar determinados trechos e fazer outras escolhas.


Sinopse


HQ na qual o jogo é baseado.

A história é baseada em quadrinhos, e segue a trama "a risca"(sem modificações), ocorrendo antes dos eventos da HQ. A idéia é que os personagens clássicos dos contos de fadas se mudaram da terra da fantasia para Nova Iorque, e passaram a enfrentar os mesmos problemas de todos os humanos que moram em cidades: (falta de) dinheiro, violência, crime organizado, desemprego, preconceito, etc. Você é Bigby Wolf, o "Lobo Mau (Big Bad Wolf)", e trabalha como um detetive policial, junto com a Branca de Neve. Aparentemente, o Lobo Mau tem também uma forma humana, mas qualquer personagem que tenha uma forma "esquisita", como Trolls e sapos encantados, têm que usar um feitiço para se parecerem com pessoas chamado Glamour, que é caro e nem todos têm condições financeiras de comprar. Não é preciso ser gênio para suspeitar que vão haver fontes "alternativas" de conseguir esse feitiço, e até outros itens mágicos, no mercado negro.


Conclusão / Avaliação Pessoal


Depois de algumas horas de vida gastas com The Wolf Among Us, não tenho como não recomendar. Fiquei inclusive com vontade de ler os quadrinhos - parece que o Lobo Mau e a Branca de Neve se casam e tem filhos - só pra verificar se tem a mesma qualidade do jogo. Seria interessante até pra aumentar o hype enquanto a continuação do jogo não sai, porque depois do final enigmático desse, passou a ser obrigação da Telltale dar mais explicações!







Geforce GTX 460 - erro 43

Minha placa de vídeo subiu no telhado há alguns meses atrás, e desde então eu vinha tentando espremer o máximo dela antes de trocar. No começo da semana, segunda-feira, ela veio a óbito. Os principais sintomas eram:

- Resolução zoada no Windows.
- Gráficos manchados na tela - até a tela do BIOS ficava com uns pontos vermelhos estranhos.
- Gerenciador de dispositivos com um ponto de exclamação amarelo do lado da placa, e na descrição um aviso que o hardware não estava sendo usado devido a um erro 43.

Esse erro 43 já aconteceu antes e consegui contornar instalando um driver mais antigo e trocando o slot PCIe no qual a placa estava instalada. Parece que os drivers mais novos já desligam o hardware na inicialização em qualquer sinal de problema, e os mais antigos deixam o problema aparecer na tela do usuário durante o uso. Dessa vez aconteceu de novo e não via muita alternativa pro que fazer...

Depois de vasculhar muito o Google, acabei cruzando com um vídeo no qual o cara conserta uma GeForce 8800 assando ela no forno. Achei que era pegadinha, mas depois de ler a explicação e me consultar com o guru chinês da eletrônica, a coisa até fazia um pouco de sentido: algumas soldas da placa podem ter pequenas fissuras devido a mudanças bruscas de temperatura, e quando a placa e colocada no forno você derrete parcialmente essas soldas e volta a fazer a ligação que estava lá. Como eu já não tinha nada a perder, dado que a placa não estava funcionando mesmo, resolvi testar antes de comprar uma nova placa. Por incrível que pareça, funcionou!

Segue a receita pros que quiserem se aventurar - mas só faça isso se a placa já estiver praticamente morta, sem esperanças de conserto, e também se já estiver fora do periodo de garantia.

Placa e pasta térmica.

Pra fazer o procedimento você vai precisar de:

- Pasta térmica
- Alcool
- Papel Aluminio
- Forma de bolo

O primeiro passo é remover o cooler e deixar a placa pelada. Retire tudo, até o suporte pra encaixar na parte traseira da torre. Passe um pano com alcool pra remover a pasta térmica antiga, tanto no processador quanto no cooler.

Placa sem o cooler e com o processador já limpo.

Depois, faça 4 bolas de papel aluminio pra apoiar a placa, e a coloque com o processador virado pra baixo. Tome cuidado pra deixar ela o mais paralela ao chão possivel, e coloque papel aluminio na forma também pra caso algum capacitor estourar, você não comprometer a forma com rodutos químicos tóxicos. Deixe seu forno pré-aquecido em 180C (pode ser 200C, dependendo da qualidade e da escala de temperatura), e coloque a placa por 9 minutos (a fonte que li recomenda 11 minutos para placa da ATI, pois a solda é diferente). Desligue o forno, mas não tire a placa ainda! Deixe a porta do forno entreaberta para que a placa esfrie lentamente, por mais ou menos meia hora. Depois é só remontar ela, com a pasta térmica nova, e testar - lembrando de não exagerar muito na quantidade de pasta.

Placa nivelada, na forma, pronta pra ir ao forno!
Pra mim funcionou, mas não sei se foi por ter aquecido no forno, ou se esbarrei num capacidor com defeito no processo, ou só de ter trocado a pasta térmica. Não sei por quanto tempo ela ainda vai durar, mas se quebrar de novo, provavelmente vou repetir o procedimento por via das dúvidas. =D