Geforce GTX 460 - erro 43

Minha placa de vídeo subiu no telhado há alguns meses atrás, e desde então eu vinha tentando espremer o máximo dela antes de trocar. No começo da semana, segunda-feira, ela veio a óbito. Os principais sintomas eram:

- Resolução zoada no Windows.
- Gráficos manchados na tela - até a tela do BIOS ficava com uns pontos vermelhos estranhos.
- Gerenciador de dispositivos com um ponto de exclamação amarelo do lado da placa, e na descrição um aviso que o hardware não estava sendo usado devido a um erro 43.

Esse erro 43 já aconteceu antes e consegui contornar instalando um driver mais antigo e trocando o slot PCIe no qual a placa estava instalada. Parece que os drivers mais novos já desligam o hardware na inicialização em qualquer sinal de problema, e os mais antigos deixam o problema aparecer na tela do usuário durante o uso. Dessa vez aconteceu de novo e não via muita alternativa pro que fazer...

Depois de vasculhar muito o Google, acabei cruzando com um vídeo no qual o cara conserta uma GeForce 8800 assando ela no forno. Achei que era pegadinha, mas depois de ler a explicação e me consultar com o guru chinês da eletrônica, a coisa até fazia um pouco de sentido: algumas soldas da placa podem ter pequenas fissuras devido a mudanças bruscas de temperatura, e quando a placa e colocada no forno você derrete parcialmente essas soldas e volta a fazer a ligação que estava lá. Como eu já não tinha nada a perder, dado que a placa não estava funcionando mesmo, resolvi testar antes de comprar uma nova placa. Por incrível que pareça, funcionou!

Segue a receita pros que quiserem se aventurar - mas só faça isso se a placa já estiver praticamente morta, sem esperanças de conserto, e também se já estiver fora do periodo de garantia.

Placa e pasta térmica.

Pra fazer o procedimento você vai precisar de:

- Pasta térmica
- Alcool
- Papel Aluminio
- Forma de bolo

O primeiro passo é remover o cooler e deixar a placa pelada. Retire tudo, até o suporte pra encaixar na parte traseira da torre. Passe um pano com alcool pra remover a pasta térmica antiga, tanto no processador quanto no cooler.

Placa sem o cooler e com o processador já limpo.

Depois, faça 4 bolas de papel aluminio pra apoiar a placa, e a coloque com o processador virado pra baixo. Tome cuidado pra deixar ela o mais paralela ao chão possivel, e coloque papel aluminio na forma também pra caso algum capacitor estourar, você não comprometer a forma com rodutos químicos tóxicos. Deixe seu forno pré-aquecido em 180C (pode ser 200C, dependendo da qualidade e da escala de temperatura), e coloque a placa por 9 minutos (a fonte que li recomenda 11 minutos para placa da ATI, pois a solda é diferente). Desligue o forno, mas não tire a placa ainda! Deixe a porta do forno entreaberta para que a placa esfrie lentamente, por mais ou menos meia hora. Depois é só remontar ela, com a pasta térmica nova, e testar - lembrando de não exagerar muito na quantidade de pasta.

Placa nivelada, na forma, pronta pra ir ao forno!
Pra mim funcionou, mas não sei se foi por ter aquecido no forno, ou se esbarrei num capacidor com defeito no processo, ou só de ter trocado a pasta térmica. Não sei por quanto tempo ela ainda vai durar, mas se quebrar de novo, provavelmente vou repetir o procedimento por via das dúvidas. =D

Nenhum comentário:

Postar um comentário