Opinião do Livro: Ser como o rio que flui



Titulo: Ser como o rio que flui
Autor: Paulo Coelho
Editora: Agir
Site: http://www.sercomoorioqueflui.com.br/


O autor é um dos escritores brasileiros mais conhecidos internacionalmente, e o que torna a leitura interessante é o modo direto como escreve. Ao contrário de seus outro títulos, este é uma coletânea de contos, muitos deles curtos (de apenas uma página).

Achei o livro muito bom, especialmente pelo modo de extrair sabedoria em diversos momentos da vida do autor. Talvez o livro seja corretamente classificado como auto-ajuda, pois parece ter como principal objetivo transmitir ensinamentos e filosofias de vida. Compartilho do ideal de sempre aprender com o que acontece, mesmo que tenha sido um erro. Um erro só é um erro quando não se aprende nada com ele, do contrário é uma lição que custou mais cara do que as outras (e por isso deveria ser aprendida mais afundo).

Minha principal crítica à obra são as repetidas vezes que o autor usa valors católicos/cristão/sobrenaturais para tentar transmitir algum ensinamento. Acredito que uma das principais virtudes das demais obras dele seja exatamente a imparcialidade no quesito religião, focando principalmente no raciocínio da filosofia, e não se baseando em fé para isso. Talvez, se as partes mais tendenciosas fossem substituidas por trechos budistas (que ensinam por exemplos e fábulas), a leitura seria mais interessante.
Caso você seja católico/cristão, por outro lado, a leitura será ótima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário