O Mundo Assombrado por Demônios - Carl Sagan


Titulo - O Mundo Assombrado por Demônios
Autor - Carl Sagan
Editora - Ballantine Books
ISBN - ISBN 0-394-53512-X / ISBN 0-345-40946-9

Tendo sido recomendado por muita gente, li este livro com muita expectativa, e acabei sendo surpreendido pela alta qualidade e lucidez dos argumentos de Carl Sagan sobre o ceticismo e a ciência. Já conhecia Sagan do seriado Cosmos, que agora está sendo refilmado com Neil Tyson, e desde então virei fã e admirador de seu trabalho.

O livro explica um pouco da história da ciência, porque o método científico é a melhor ferramenta pra lidar com qualquer acontecimento ou experiência, e também ilustra como a ceticismo é uma postura adequada pra maioria das situações do cotidiano. Existem diversos casos paranormais, contatos com extraterrestres e milagres analisados sob a perspectiva cética - e consequentemente desmentidos e provados como fraudes. Não há espaço para misticismo no livro, por isso pessoas que crêem em divindades e fenômenos sobrenaturais tendem a fazer críticas negativas da obra.

Outro ponto muito interessante que o livro mostra, diferente do "padrão do ceticismo", é a lógica da constituição americana, a importância da liberdade de pensamento na sociedade e principalmente como a separação entre Estado e Religião é crucial para o desenvolvimento e manutenção dos dois.

Certamente recomendo a leitura, e pessoalmente eu substituiria qualquer obra da literatura portuguesa/brasileira ensinada nas escolas por este livro. Pensamento crítico, do meu ponto de vista, é muito mais importante que contos de índios, adultério e nos piores casos, vagabundos estupradores.

Coincidentemente, cruzei com um vídeo muito interessante da última entrevista de Sagan antes de morrer, e incentivo a visualização, principalmente como motivação pra ler o livro. A entrevista é de 1996, e em 2014 passamos muito perto de termos a internet controlada pelo governo, com as modificações de projeto sugeridas pelas operadoras de telecomunicações no marco civil. Provavelmente essa foi apenas a primeira das inúmeras tentativas de controle e lucro abusivo que ainda estão por vir.



Listo abaixo as frases e pensamentos que considerei mais interessantes (em inglês), junto com meus comentários (se tiver algum). Não preciso avisar que contém spoilers do livro, certo?

“Yes, but what’s your gut feeling?” But I try not to think with my gut. If I’m serious about understanding the world, thinking with anything besides my brain, as tempting as that might be, is likely to get me into trouble. - Como desmentir um ditado popular de maneira simples e não arrogante.

Always ask whether the hypothesis can be, at least in principle, falsified. Propositions that are untestable, unfalsifiable are not worth much.
 - É interessante que muita gente que não admite nunca estar errada sempre faz comentários que não podem ser comprovados, ou então sempre discordam da maneira proposta para que sejam testados sem nunca sugerir outro no lugar.

There are people who want everything to be possible, to have their reality unconstrained. Our imagination and our needs require more, they feel, than the comparatively little that science teaches we may be reasonably sure of. - O que acho mais perigoso com relação a esse tipo de pensamento (energias "atraídas" pela força do pensamento) é que alguns professores de ciência do sistema público usam sua autoridade para divulgá-los. Pior do que não aprender algo é aprender algo errado.

By making pronouncements that are, even if only in principle, testable, religions, however unwillingly, enter the arena of science. Religions can no longer make unchallenged assertions about reality—so long as they do not seize secular power, provided they cannot coerce belief.
 - E esse é o principal problema em ter um "texto sagrado", imutável por definição. Conforme a humanidade amplia o conhecimento, não é possível fazer uma atualização.

If you accept the literal truth of every word of the Bible, then the Earth must be flat. The same is true for the Qu’ran. Pronouncing the Earth round then means you’re an atheist. In 1993, the supreme religious authority of Saudi Arabia, Sheik Abdel-Aziz Ibn Baaz, issued an edict, or fatwa, declaring that the world is flat. Anyone of the round persuasion does not believe in God and should be punished.
 - E aqui entramos na famosa técnica de "interpretar" os textos sagrados, mesmo que a princípio eles devessem ser entendidos literalmente.

I meet many people offended by evolution, who passionately prefer to be the personal handicraft of God than to arise by blind physical and chemical forces over aeons from slime. They also tend to be less than assiduous in exposing themselves to the evidence. Evidence has little to do with it: What they wish to be true, they believe is true.
 - Nas palavras de Mark Twain - é mais fácil enganar uma pessoa do que convence-la que foi enganada.

Ubi dubium ibi libertas: Where there is doubt, there is freedom. - Dispensa comentários.

It is not the function of our government to keep the citizen from falling into error; it is the function of the citizen to keep the government from falling into error.

A purported scientific article or popular book asserting the “superiority” of one race over another may not be censored by the government, no matter how pernicious it is; the cure for a fallacious argument is a better argument, not the suppression of ideas.
- E esse é o principal argumento de porque uma lei de racismo ou de homofobia que pune uma idéia ou palavra dita não vai nunca dar certo. Vemos prova disso todos os dias com nossa lei de racismo.

“A society that will trade a little liberty for a little order will lose both, and deserve neither.”

Its first and most immediate purpose rested on the belief that a union of government and religion tends to destroy government and degrade religion.


If we can’t think for ourselves, if we’re unwilling to question authority, then we’re just putty in the hands of those in power. But if the citizens are educated and form their own opinions, then those in power work for us. In every country, we should be teaching our children the scientific method and the reasons for a Bill of Rights. With it comes a certain decency, humility and community spirit. In the demon-haunted world that we inhabit by virtue of being human, this may be all that stands between us and the enveloping darkness.
 - Finalmente, a maior crítica com relação ao Brasil, tanto o governo quanto a classe média-alta: a educação não interessa a uma sociedade que vive de agrobusiness e commodities. Os maiores interessados na educação são os cidadãos que tem uma formação mínima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário