Orgulho do Brasil

Filhos matam pais, pais matam filhos, corrupção, impunidade ...

Quando leio que o Brasil será uma potência econômica em 20 anos eu até chego a pensar se vai valer a pena viver num mundo assim. No fundo, prefiro acreditar que é só sensacionalismo como já aconteceu antes nos "anos dourados", e que o Brasil será o "país do futuro" pra sempre, nunca chegando no presente.

Enquanto a cultura do país não mudar, nunca iremos crescer como seres humanos... O Rubinho é o melhor retrato do Brasil: chega em primeiro 1 ou 2 vezes em toda a carreira, fica várias vezes no "quase lá", quando perde é sempre culpa do carro, da equipe, do tempo, etc. A imagem que temos não é de um campeão, é de alguém que as vezes está bem, mas é a exceção à regra.

A triste realidade é que não se consegue uma cultura rica de maneira fácil. Queria que o Brasil tivesse desafios realmente grandes, que colocassem vidas em jogo pra começar a se movimentar. No nosso ritmo, nada vai mudar. Não tenho o menor orgulho de ser brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário